quinta-feira, 31 de março de 2011

LIX...ADA

Que se lixem as agências de ratings,
Essas fdp chupistas,
Que se f*dam os americanos,
Mais os seus economistas,
Portugal está sempre em baixa,
Que se lixem os políticos e os jornalistas,
Os portugueses, porque lhes dão graxa,
E lhes estendem uma faixa,
Estou farta destas coexistências mistas,
Eu tenho a minha economia,
Ecológica, nominal e não mia,
O meu banco é a caixa
De sapatos e a minha mais-valia,
Agora mais-valia um empréstimo ... é na hora,
Ela precisa de mim ... 'bora!
Temos um acordo gestual,
Bestial,
Eu tiro, eu ponho,
Nunca nos demos mal,
Um dia destes vou comprar
PORTUGAL.


4 comentários:

paulofski disse...

Nisso estamos todos no mesmo barco, lixados e mal pagos.

Vou pindurar a tua prosa no ganinete :p

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ora atão, se me dás licença, vou fanar a Mafaldinha, mais a sua poesia para o meu Rochedo.
Como estou à beira-mar, vai ser fácil...

Kok disse...

Também eu já me sinto Mafaldado...

Flip disse...

very good :-)