quarta-feira, 29 de julho de 2009

LUSÍADAS, CANTO A TRÊS

Estavas linda, Joana, posta em sossego, [será??????]
De teus silêncios colhendo doce fruto,
Naquele engano de alma, ledo e cego,
Que a política não deixa durar muito,
Nos saudosos campos do desassossego,
De teus formosos olhos de besugo,
Ao Louçã sonegando e ao Sócrates,
O nome que no peito escrito tinhas.

5 comentários:

paulofski disse...

Tráfico de influências na ilha dos amores! Querem lá ver?

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ai se o vesgo lê isto...

Si disse...

Intertextualmente brilhante!

pevides disse...

Olhos de besugo :) (sai ao pai!)

PAS[Ç]SOS disse...

Ai que o Camões também anda à procura dum 31... Deixa-os homem! Deixa-os entenderem-se em ciumeiras masculinas. Cá para mim duvido que os mais à direita entrem nesta 'guerra' por Joana. Não estou a ver a Manela disputá-la e o Portas também não... porque será? Já quanto ao Jerónimo... tem muito saber e talvez o faça pela calada.