segunda-feira, 28 de setembro de 2009

RESCALDOS DE GALINHA E CAUTELAS (DE LOTARIA)

Eis o resumo do meu pensamento:


  • Nas eleições europeias não foi o PSD que ganhou, foi o PS que perdeu. Nas eleições europeias o PS teve um erro de casting: escolheu um avô cantigas para cabeça-de-lista.
  • Nas eleições legislativas não foi o PS que ganhou foi o PSD que perdeu. Nas eleições legislativas o PSD teve um erro de casting: esolheu uma avó cantigas para cabeça-de-lista.
  • Quem ganhou em duas frentes foi Helena Sacadura Cabral. O que vale é que ela não é uma avó que vá em cantigas ou a castings.
  • Eu, pelo meu modo de pensar, situei-me sempre na área de influência do PSD; pela primeira vez votei, conscientemente, PS , com a plena convicção de que o PS de socialista nada tem.

Porquê?

Porque não.

Porque não queria votar em nenhum dos outros. Porque com o meu voto votei no mal menor e consegui que daí não adviesse um mal maior: o PS ter de, obrigatoriamente, se coligar com o BE (essa esquerda popularica e com um programa completamente não exequível numa Europa Comunitária ... a menos que quiséssemos voltar ao tempo do estupidamente sós) ou com a CDU (essa esquerda popularussa completamente retrógrada).

6 comentários:

BlueAngel disse...

O que não percebo é porque é que não vais tu fazer análise política para as tv's, rádios e jornais. Tudo dito de forma tão simples. :-) O mal menor, nem mais.

catarina disse...

O que não entendo é como é que o PSD conseguiu que o PS parecesse o mal menor!!!!

Pepper disse...

Olha...

Não sei se o PSD ganhou em duas frentes.

Mete a Nogueira Pinto como número dois e hoje ela anda a fazer campanha com o António Costa.

É triste! Mas enfim...

Precious disse...

Estou desiludida com os resultados, análises à parte.

paulofski disse...

E agora xôr ingenheiro!? Mas que grande queijo!

Patti disse...

Eu pelo meu modo de pensar tb votei conscientemente, se calhar nunca tão conscientemente.