quarta-feira, 16 de novembro de 2011

PASSADO, PRESENTE E FUTURO

 Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
...Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais.
...
Tão marcados de tempo e macaréus.
Eu sou. Mas o que sou tão pouco é:
Rã fugida do charco, que saltou,
E no salto que deu, quanto podia,
O ar dum outro mundo a rebentou.
Falta ver, se é que falta, o que serei:
Um rosto recomposto antes do fim,
Um canto de batráquio, mesmo rouco,
Uma vida que corra assim-assim.
 
JOSÉ SARAMAGO, in "Os Poemas Possíveis"
Nascido há 89 anos (16.11.1922)
Foto de minha autoria, tirada na Praça do Comércio

6 comentários:

paulofski disse...

E desde já fica um voto de felicitações pela fotografia.

Kok disse...

Já "botei"! Ontem!!!
Mas foi na dos dois miúdos.
Não sei se vais ganhar ou não, seria bom acho eu, mas se não ganhares não será por falto do meu "bóto".

Gi disse...

Necessito de votos diários e não são 2 miúdos é uma mãe (a minha prima) e o filhote.

Se me quiseres procurar no FB: procura Georgina Noronha e reconhecer-me-ás pela foto.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Bou botar, porc'óntem tibe falta

Kok disse...

As minhas desculpas, a ti e à tua prima.
A verdade é que me fixei no menino e assumi serem duas crianças.
Foi "galo"... ;))

Já "boltei a botar" e assim "bou" continuar!

Gi disse...

Obrigada, Kok e partilha lá no teu FB, que eu não sei qual é o teu para te adicionar. :P