terça-feira, 15 de janeiro de 2008

AS CINZAS DE UM DIAMANTE

Numa Quarta-Feira que não foi de Cinzas ... o meu Diamante, finalmente, zarpou, rumo à Diáspora Goesa, que ele tanto amava!


Cabo Raso (Manuela Viola)

Farol do Cabo Raso


Queridos,
Cá está o sítio de onde as cinzas do vosso Pai partiram para as cinco partidas do Mundo.
Mar calmo ou Mar agitado, elas chegarão lá a tempo de marcar a sua presença, em espírito, nas várias próximas Convenções dos Goeses na diáspora.
Mãe

PS.: Eu no Domingo sonhei contigo, Pai! Vai por aí, vai, que vais bem!

8 comentários:

Soul Brada disse...

O meu pai era surfista. As cinzas dele foram espalhadas no Guincho. Bem hajas mãe, que escolheste bem. Luv u all.

Fatima disse...

Linda homenagem!

Mr X disse...

Eu n terei essa sorte. De navegar e participar mais uma vez no começo da vida. Aqui só mesmo o tejo e tem que se ter autorização da marinha.
Boa mãe da Gi e SB, muito muito bonito.

Hydrargirum disse...

Um beijinho mto grande em ti!:)

Gione disse...

mr x: Estás desctualizado; já não é preciso autorização para nada disso! As cinzas do meu pai foram deitadas no Mar Português, como podes ver pelas imagens!

hydrargirum e antecedentes: Obrigada !

tiago disse...

Surfista não era, mas a sua bondade tinha um grau de pureza tão elevado que ele e a natureza formam um único ente...dos mais especiais que alguma vez conheci e terei o prazer de conhecer.Avô conseguiste uma coisa que só por ter sido involuntária faz de ti o Maior: És o Ídolo não de 1, nem de 2, mas pelo menos de 3 ou 4 gerações...


PS: O Farol do Cabo Raso devia ser elevado a património natural e mundial

Gione disse...

tiago: Como diria uma "jetsetter" da nossa praça: MEU RICO FILHO! :)

M disse...

Ora aqui está o fim k desejo... k a minha última morada seja onde ne sinto em casa... na natureza selvagem e livre :)
Excelente homenagem!!!